domingo, 28 de fevereiro de 2010

RELAXAMENTO PARA CRIANÇAS-BORBOLETAS A VOAR

Ás vezes, o medo e a ansiedade, deixa-nos com uma sensação de " borboletas no estômago".
Sentimos uma bolha de ar abafada, como se fosse um nó, que nos causa desconforto e mau-estar. 
Para mandar estas borboletas para longe,vamos fazer um relaxamento...

As crianças deitam no chão, com os olhos fechados e vão ouvindo o adulto, que vai lhes dizendo algumas indicações, com um tom de voz calmo e tranquilo :

"Vamos respirar devagar e sentir apenas a barriga a mover-se..."
"Agora,pelo nariz,enchemos o corpo de ar ...e deixamos o ar sair pela boca, lentamente..."
"Muito bem, agora vamos imaginar que todas estas borboletas que estão a dançar dentro do nosso estômago, vão saindo ...uma por uma, que lindas borboletas...
"Agora que deixamos a borboletas sairem... o nosso corpo agora está muito relaxado,calmo..."
"Pouco a pouco começamos a nos sentir leves, muito leves"

Esta actividade pode ajudar a relaxar as crianças numa turma na escola, onde a professora perceba, um certo desconforto ou medo pelos acontecimentos dos últimos dias. Ou pode ser feita pelos pais, para ajudarem os filhos a relaxar, antes de dormir.
O seu maior objectivo é promover um espaço para acalmar a mente, respirar, e assim, experimentar um estado de relaxamento.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

UMA FESTA DE ABRAÇOS PARA MANDAR A TRISTEZA EMBORA.

O tacto é um sentido que deve ser valorizado na família. Que momento enternecedor, quando envolvidos nos braços do outro, sentimo-nos seguros e felizes.
A sugestão é, criar uma Festa de Abraços, sem que para isto exista uma data especial. Para começar encontrem uma caixa,decorem-na de forma a ficarem contentes com o resultado final. Coloquem vários cartões na caixa. Os cartões estão recheados de abraços. Criem os abraços mais incríveis. Divirtam-se a partilhar abraços.Algumas sugestões de abraços à maneira:

Abraço para a Mãe

Abraço para o Pai

Abraço para o Filhos

Abraço todos juntos

Abraço recheado com sorrisos

Abraço Serenata( acompanhado de uma canção)

Abraço Cachorro Quente (com uma pessoa ao meio, e duas a fazer de pão)

Abraço Urso (ternurento e quente)

Abraços com suspiros ( grande abraço cheio de emoção)

Abraço Assobio (abraço com fundo musical, a assobiar, claro)

Abraço Inverno (bem apertadinho porque faz frio)

Abraço Super Cola ( porque é difícil de largar)

Sejam divertidos, originais, criativos. Nada melhor do que uma Festa de Abraços para mandar a tristeza embora.Não percamos mais tempo, que tal um abraço?

UMA ONDA DE AFECTOS PARA EMBALARMOS UNS AOS OUTROS

Tenho visto,um pouco por todo o lado por onde ando, o olhar triste e preocupado das pessoas, depois da tragédia do dia 20 de Fevereiro.
Acredito, que todos nós estamos envolvidos numa grande onda de generosidade e afecto, que contêm e tenta embalar a dor sentida por todos os cantos da ilha.
No dia em que a onda de lama,visitou a cidade, estava na baixa do Funchal.Um pouco, ainda espalhado pelo meu corpo, tenho a memória daqueles instantes de medo e preocupação.Isso, deixou-me agitada. E esta agitação, vinda do meu mundo interno, provoca na minha mente um dispositivo que pergunta: O que posso fazer? O que posso fazer?...
Por outro lado, recebo e mails carinhosos e pedidos de ajuda de amigas,cujos filhos não conseguem dormir durante a noite. Então, penso que a única coisa possível - além da doação de alimentos e roupas-  é continuar a minha pratica pedagógica, sempre a serviço da pessoa e do desenvolvimento do potencial. humano.
E assim, deixo estas sugestões, que poderá utilizar como bússola, nestes dias tão cheio de suspresas,onde o medo e a ansiedade, devem ser tratados com carinho,para darem espaço a vivência plena.

TIRE AS CRIANÇAS DA FRENTE DA TELEVISÃO

Não estamos a falar de inventar histórias, ou esconder a realidade. Mas já é tempo, de deixar que as crianças sejam bombardeadas, um pouco por onde andam, pelas imagens da tragédia.Encontre outras actividades que sejam prazeirosas, onde possam encontrar formas de escape e encontrar a alegria.Saia de casa, nem que seja para uma pequena caminhada com os seus filhos.
FALE SOBRE O ASSUNTO

Se o seu filho, lhe fizer perguntas sobre o que aconteceu, converse com ele. Se existirem casos de morte na família,não esconda a verdade. Fale calmamente com a criança, ofereça-lhe colo. Não diga a seus filhos que tudo está bem e o pior já passou, tente descobrir que medos ou ansiedades estão escondidos, diga que não faz mal estar triste.Acima de tudo, mostre que está disponÍvel para ouvi-lo, e que respeita os seus sentimentos.

ENCONTRE TEMPO PARA OS ABRAÇOS

Os abraços são o caminho mais rápido para o conforto emocional. Abrace mais. Deixe que o calor do seu corpo envolva o seu filho/a. Todos nós precisamos do toque, a pele é o maior orgão do nosso corpo.
Com a força de um abraço, o medo vai sumindo, sumindo...dando espaço ao amor e segurança. Abrace.

BRINCAR,BRINCAR,BRINCAR
Encontre tempo para a brincadeira. Procure outras crianças com quem o seu filho possa brincar. Deixe a sua casa aberta, para receber outras crianças ou jovens e assim, embalados na compahia uns dos outros,os níveis de confiança aumentam.
Promova uma festa de pijama com os mais pequenos, ou compre umas pizzas e deixe que os adolescentes se reúnam lá em casa.

RIR

Se a sua família não ficou directamente afectada, encontre espaço para o riso. Logicamente, se atravessa uma fase de luto, deve respeita-la. Mas rir ,produz endorfina, o que provoca bem estar e conforto emocional.
Compre um livro de anedotas, faça lengas lengas em casa. Procure um filme divertido e vejam todos juntos, agarradinhos no sofá.

USE CORES

Não dê descanço aos marcadores e lápis coloridos.Pinte caras coloridas e sorridentes e espalhe pela casa. Se o seu filho/a é muito pequeno e não sabe falar dos sentimentos, faça um jogo: juntos pintem os seus sentimentos.
Coloque uma folha A4 a vossa frente, e brinquem de dar cor a todos os sentimentos que habitam o vosso ser.
Abram os armários, esvaziem as gavetas. De que cor é o medo? Qual é a forma da ansiedade? A alegria é saltitona, ou anda em linha reta?
Dê espaço para a expressão do Self,crie intimidade ao falar dos sentimentos.Falar do que sente é uma passo importânte para o desenvolvimento da Inteligência Emocional.

TONELADAS DE EMPATIA

Nestes dias, com certeza, vai precisar de toneladas de empatia.A empatia é a capacidade de se colocar na pele do outro. Então, o mais importante que podemos aprender com a empatia, é ouvir,ouvir,ouvir.
Ouça o seu filho/a sem interromper e sem fazer juízos de valor.
Esta verdadeira escuta, envolve o outro como uma segunda pele, lhe oferecendo a segurança de se sentir amado e valorizado, por simplesmente ser quem é.









domingo, 21 de fevereiro de 2010

A ESCOLA MATA A CRIATIVIDADE

Esta palestra, tem causado furor pelo mundo.Em 2006 o especialista britânico Ken Robinson, questionou o sistema de ensino, completamente voltado para resultados cognitivos. Este sistema que muitas vezes classifica erradamente crianças talentosas, como crianças com dificuldades de aprendizagem e que não desenvolve a pessoa para a auto descoberta e auto valorização.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

ESTUDO DE CASO - COMO COMUNICAR ASSERTIVAMENTE

Era uma vez um Pai muito cansado, e um Filho Adolescente que não gostava muito de estudar...
O Filho chegou em casa com ar desconfiado,deixou as notas na mesa da cozinha e fugiu para o quarto, claro que já sabemos que as notas não eram muito famosas.
O Pai chegou em casa,e quando viu as notas explodiu:
-Isto está mesmo mal! Quando tinha a tua idade, já trabalhava e tinha as mãos cheias de calos! O que é que tu pensas da vida? A tua única obrigação é estudar, e nem isso consegues fazer!
-Mas...
-E não te atrevas a dizer mais nada...Passo o dia a trabalhar como um escravo para que possas ter um futuro melhor, e é isto que eu recebo em troca?!Estás de castigo, e podes esquecer o futebol!

Bem, não é preciso ser Psicólogo ou Detetive para saber que esta história acaba mal. Mas, o que poderíamos fazer para que esta história tivesse um final feliz? Sugestões,com muito humor, é claro!

1ºEncontrar tempo para Relaxar
Está claro que pais felizes, têm filhos felizes. Se está sobrecarregado de trabalho e tensões,não é capaz de fazer uso da empatia.Organize a sua agenda. Encontre tempo para fazer algo que gosta. Invista no seu bem estar e a capacidade de lidar com a frustração melhora 100%.

2ºGerir as Emoções
Um Pai Treinador não faz chantagem, orienta para resultados. A chantagem faz parte de uma comunicação manipuladora. Seja Assertivo.

3ºAdopte um Plano
Se as notas vão mal, pergunte o que se passa.Seu filho anda ansioso,tem dificuldades em acompanhar a matéria, tem problemas para dormir? Existem problemas na escola, quais? Converse calmamente com o seu filho, ouça.
Depois desta conversa, encontrem juntos o melhor lugar e horário para o estudo.Vai ser preciso um lugar onde o seu filho, não seja incomodado e que tenha uma boa iluminação.
Organize uma agenda de estudo, para que possa seguir uma rotina, mas não se esqueça que para o sucesso da aprendizagem é preciso descontracção. Deixe tempo para o namoro, os amigos, a alegria.Estudar não deve ser um castigo, e sim, um prazer em descobrir,em conquistar.

4ºNão seja Castrador
Já sei que muitos vão ficar arrepiados...mas castrar, não é uma boa forma de educar.Não retire o seu filho das actividades que ele gosta, como forma de castigo. Isto é retirar-lhe a felicidade, o que não tem nada a ver com ensina-lo a ser responsável.
Quando se faz o que se gosta, se dá espaço para o Self desenvolver-se. A pessoa sente-se plena, em paz. Esta sensação é muito importante para se conseguir lidar com a frustração de se fazer o que não se gosta tanto.
Vai conseguir melhores resultados se respeitar as necessidades dos seus filhos.Lembre-se a sua casa é um jardim, não é um pelourinho.

5ª Ouça
O seu filho é importante e precisa saber disto. Ouvir com todo o coração, é uma forma de demonstrar afecto. Tentar compreender o que a outra pessoa pensa e respeitar o seu ponto de vista é muito importante.A nossa capacidade de escuta fica reduzida quando nos preocupamos demasiado em ter razão. Não se preocupe em ter razão,ocupe-se em ser empático.A empatia faz crescer.

E então? Foi ou não foi, uma maneira divertida de falar de comunicação? Vá lá, deixe o seu comentário!

sábado, 13 de fevereiro de 2010

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

10 IDEIAS PARA PROMOVER A CRIATIVIDADE DO SEU FILHO!

1ªToda a criança é merecedora de amor. E a principal fonte de amor para uma criança, são os seus pais.


2ªBrincar é um remédio que deve ser utilizado sem prescrição médica. Em nome da sua saúde, e da saúde mental da sua família: brinque!


3ª Diga não aos sapatos, andem descalços em casa.


4ª Uma toalha de plástico na mesa da cozinha, ou no chão da varanda, pode fazer mais pela felicidade dos seus filhos do que uma casa muito limpa.


5ªNão dê presentes caros para as crianças pequenas, dê-lhes felicidade. Papeis coloridos, tintas,colas, enfim,um espaço criativo, para que possam desenvolver o Self.


6ª Abrace mais o seu marido. Abrace mais a sua mulher. Abrace mais o seu filho. Abrace mais a sua filha.Deixe que o tato faça parte da rotina diária.


7ªRespire fundo. Conte até 10, todas as vezes que pensar em dar um grito.


8ªSeja Criativo. Encontre 5 minutos diários para deixar a Criatividade à solta.


9ª Peça a seus filhos ajuda. Peça a seus filhos ideias.


10ªVeja o invisível. Ensine o seu filho a ver o invisível. As coisas concretas podem estar vazias de significado. No invisível habitam; o amor, a amizade, a felicidade, a determinação.


*Aqui estão apenas 10 das 100 ideias que serão disponibilizadas no Workshop Criatividade para Pais no dia 20 de Fevereiro no Museu Casa da Luz.Espero por si!