domingo, 20 de novembro de 2011

AFONSO E O LIVRO

Gostei mesmo deste livro, até porque tenho uma grande atração por livros que falam de livros e do prazer de ler.Não conhecia o autor, e peço desculpas, porque não pesquisei nada sobre o mesmo. Mas desejo sinceramente que escreva mais livros, só para ter o prazer de os ler.
É disto que o livro fala, do prazer de ler o desconhecido, o livro não existente.A procura interminável que existirá, enquanto houver vida,por coisas a ler, a sentir, a pensar.
Afonso, se nega a ler, porque ainda não encontrou o livro, "aquele livro" idealizado, só seu. Na busca deste livro, desenvolve-se a narrativa e de uma forma nada didática, o leitor aprende o processo e as fases de construção de um livro.
É informado, sobre todas as pessoas que fazem parte do mundo da edição e o trabalho detalhado que exige a criação de um livro.
E que bonito é que é, quando o Luís Filipe Cristóvão, nos revela o mundo dos ilustradores,digitalizadores,revisores, paginadores, enfim, esta gente que faz da sua vida livros, e que sem a sua existência, o mundo seria mesmo uma coisa ruim.
O bom mesmo é dar uma olhada no video, e ver o livro por dentro.

 
Afonso e o Livro
Texto: Luís Filipe Cristóvão
Ilustrações: Amélie Bouvier
Edição Livrododia

Não é fácil,pequeno esquilo!



Se há uma palavra que pode sintetizar este álbum, esta palavra é: comovente.
A Autora Elisa Ramón, nos traz o tema da morte, geralmente tabu, na literatura para crianças.
Aqui, o tema é tratado de forma séria, mas sem perder a delicadeza e ternura que um bom livro para crianças pode ter.
As ilustrações de Rosa Osuna, que já nos presenteou com outros deliciosos álbuns como : Os Avós e Um Presente Especial, também editados pela Kalandraka, organizam um discurso dos afetos, onde a figura paterna ganha força, revelando que o pai, pode sim, representar amor, contensão e carinho.
É o Pai, que ensina a seu filho- o pequeno esquilo- que a sua mãe estará sempre dentro dele, em todos os momentos.
Com a ajuda do tempo, da amizade e do amor, o pequeno esquilo, envolvido pela certeza do amor da sua mãe, volta a sorrir e a brilhar.
Reconhecendo que falar do tema, pode ser uma caminho para a sua superação do mesmo, fica uma sugestão de leitura que pode ser acarinhada por pais e educadores.

Não é fácil, pequeno esquilo!
Texto: Elisa Ramón
Ilustração: Rosa Osuna
Editora Kalandraka

Praia Mar


O Planeta Tangerina não para de nos surpreender, e nós gostamos das novidades. Desta vez, o ilustrador Bernardo Carvalho, nos presenteia com um álbum só com imagens, de um dia, ou quem sabe, de uns dias na praia.
Não é a primeira vez que o autor trabalha sobre esta temática. Parece que o Bernardo gosta mesmo de mar...(risos). No anterior - Dia na Praia- os dias de sol e o encontro com o mar aparecem, mas, com a preocupação ecológica de preservar e cuidar do planeta.
Aqui, falamos de prazer, de encontro e encantamento. Toda a narrativa de imagens se debruça, no prazer dos dias solarengos e bem passados com amigos. Na alegria de contemplar pequenas conchas, e quem sabe, coleciona-las. No barulho alegre dos amigos que escalam pedras e saltam, no encontro com o mar salgado.
Um álbum, com um tamanho ideal para leituras conjuntas. Que bom seria se existissem mais álbuns assim...mediar leituras com livros de tamanho pequeno, é uma ginástica...(risos)
Apenas indicado a leitores curiosos e pouco preguiçosos,  afinal não é para isso que os álbuns existem? (
PRAIA MAR
Autor: Bernardo Carvalho
Editora: Planeta Tangerina