segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O PAPEL DOS PAIS NA CRIAÇÃO DA AUTO ESTIMA DOS FILHOS

É importante que tomemos consciência do papel fundamental que exercemos no desenvolvimento da auto-estima da crianças.

É na relação afetiva, que a criança constroe a sua auto imagem, e é com o investimento afetivo dos pais, principais cuidadores, que a criança é capaz de realizar um verdadeiro julgamento de si, de quem é, e do que é capaz.

Podemos afirmar que os pais ,fazem uma função de “espelho” para a criança. São os olhos dos pais que reflectem a imagem da criança. Por isso, é muito importante para uma criança quando entra na sala, que os seus pais a olhem com apreço, com alegria. Desta forma, sentindo-se apreciada pelos seus pais, cresce sentindo-se segura emocionalmente.

Também é relevante pensar na comunicação que se estabelece com a criança. A qualidade da comunicação e a capacidade em manter os níveis de Empatia são determinantes para um crescimento saudável.

Pais que conversam, que são capazes de ouvir, conseguem resultados surpreendentes. As crises são ultrapassadas e a relação se fortalece com as birras e as fases difíceis.
Uma criança que mesmo quando é contrariada, se sente ouvida e respeitada, é capaz de aceitar as regras dos pais e lidar melhor com a frustração que possui quando não consegue o que deseja.

Pais que comunicam de forma segura e firme em momentos de crise, transmitem uma segurança que organiza internamente a criança.A ansiedade infantil é tranquilizada pela segurança dos pais.

Quando reflectimos o papel da comunicação, tomamos consciência da importância do feed back positivo . Os pais devem valorizar os atos da criança e apoia-la nas actividades que sente dificuldades, transmitido sempre a esperança que pode ser bem sucedida.


Crianças que são valorizadas e recebem feed back positivo, são mais bem sucedidas e felizes que crianças expostas em ambientes de crítica e autoritarismo.

Pais que castigam por tudo e por nada e que gritam constantemente com os seus filhos, destroem lentamente a sua auto estima.

Desta forma, se deseja ter um papel ativo na construção da auto estima do seu filho mantenha os níveis alto de empatia em casa e invista numa boa comunicação.
Elogie o seu filho e o apoie em momentos de crise, transmitindo sempre a segurança de que conseguirá ultrapassar as dificuldades.Deixe-o crescer com modelos positivo e de esperança, e assim,por desenvolver-se num ambiente emocionalmente saudavel, o seu filho construirá uma boa imagem de si mesmo, que o acompanhará durante toda a vida, como uma segunda pele.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário