segunda-feira, 17 de maio de 2010

OLIVER, UM CLÁSSICO

Mas uma vez a pensar sobre Arte Infantil ou Juvenil, encontro esta pérola dos musicais. Oliver, a história de um orfão, que passa por várias aventuras até encontrar uma família e o amor.
Retrata de forma real, os maus tratos e as aberrações de uma época, onde as crianças eram vistas como meros objectos.Mal tratadas e mal vestidas,fazem filas nas instituições geralmente geridas por pessoas frias e com pouco interesse no seu verdadeiro desenvolvimento.
O que fascina em Oliver? O burlesco, o musical, os arquétipos.
Nesta cena, ver a coreografia,os movimentos e a expressividade dos jovens actores. Deixar-se levar pela música e a beleza das vozes, dotadas de um técnica vocal impressionante, que nos envergonha perante certas escolas musicais, onde os alunos simplesmente abrem a boca e cantam , sem nenhum requinte musical.
Aplaudam este senhor, porque Oliver, o musical, já comemorou quase 40 anos.


1 comentário:

  1. Letra pequena vem agradecer o comentário simpático deixado no blogue. Por aqui, também se está muito bem! Continue.

    ResponderEliminar

Deixe um comentário