sábado, 30 de outubro de 2010

NÃO TEM GRAÇA!


Tem mesmo muita graça, falar do que não tem graça! E a aprendizagem da capacidade empática, pode ser feita quando se é pequenino, quando se tem apenas 5 anos, e as vezes se acha graça rir da fraqueza do outro.
Este livro que pode ser um ponto de partida para uma boa conversa sobre comportamentos, e de como podemos nos sentir quando alguém nos prega um susto; uma partida ou uma brincadeira de mau gosto, como - espalhar cascas de bananas no chão, só para rir das estrondosas quedas que acontecem.
Sim, ensinar Empatia é uma boa forma de proporcionar um crescimento emocional saudável e preparar para uma vida equilibrada e funcional.
É importante manter uma escuta empática durante a leitura do livro, e evitar a todo custo dar sermões ou ter um tom moralista sobre o que se passa na história.
No livro, uma hiena acha graça usar cascar de bananas para provocar quedas, só para depois, rir. Mas o feitiço volta-se contra o feiticeiro...
A leitura só fará efeito se for feita para educar para a sensibilidade,deixando de lado qualquer moralismo.Assim, num ambiente conduzido pelas ilustrações coloridas e apelativas, repletas de animais, será possível ouvir o que cada leitor sente, quando alguém, só para ferir ou magoar , lhe faz algo doloroso.
Uma boa história para ler na escola, ou, antes de dormir quando os pais sentem que alguma coisa não vai bem no mundo da Empatia.

NÃO TEM GRAÇA!
JEANNE WILLIES E ADRIAN REYNOLDS
EDITORA CIVILIZAÇÃO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário