domingo, 31 de outubro de 2010

OS DIREITOS DA CRIANÇA E A ESCRITA

 "Toda a criança tem o direito de brincar com as letras.
Toda a criança tem o direito de fazer riscos e rabiscos e lhes dar o significado que desejar.
Toda a criança tem o direito de usar canetas coloridas, para dar cor a seus versos.
Toda a criança tem o direito de criar um livro com as próprias mãos e no formato que quiser; flor, carro e foguete, e com ele descobrir o mundo das palavras.
Toda criança tem o direito a um ambiente criativo de conhecimento da língua, para que cresça sem medo dos erros ortógraficos- pedras encontradas no caminho- construções diretas do mundo da cognição.
Toda criança tem o direito de conhecer, amar e utilizar a sua língua materna com uma intimidade que apenas o "domínio da língua materna" não pode proporcionar.
Toda criança tem o direito de amar a sua língua e de afirmar-se quando a utiliza para comunicar.
Toda a criança tem o direito de ser guiado calma e ternamente, sendo respeitado o seu ritmo e as suas inquietações no processo de escrita e de conhecimento das palavras."

Algumas ideias, verdadeiras bússolas para guiar a escrita criativa nas escolas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário