segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

CARTA DO PAI NATAL/ PAPAI NOEL

É a pura verdade, e vocês não podem imaginar a honra que senti, quando soube que o bom velhinho, ele mesmo - o Pai Natal, o Papai Noel- ouvia o programa " Criatividade para Pais e Filhos", lá, na Terra do Natal.
E as cartas chegaram, não sei se foram as renas que as trouxeram, ou  se foi o CTT Portugal. Mas a missiva foi lida em segundos e dizia assim:

Caras amigas

Eu sei que vão estranhar a minha carta, afinal, sou famoso por receber cartas, não por envia-las. Mas, a cada dia que passa, devemos nos informar,ouvir outras pessoas e aprender com as suas experiências.
O montante de cartas é elevado. Claro, que a grande parte dos meus amigos, pede inúmeros presentes e coisas impossíveis como; parar as mudanças climáticas ou o fim dos descabidos impostos.
Como sabem, sou um homem simples. Gosto de ver o sorriso das crianças e de lhes proporcionar um pouco de lirismo e magia.Grandes obras não são para mim, sou um construtor do invisível.
Mas, para não roubar muito o vosso tempo, gostaria que falassem destas deliciosas cartas que recebi; a do Paulo, a da Ana e da Mafalda.
Em cada uma delas um sentimento diferente, em cada uma, um pensamento que precisa se manifestar neste momento que é Natal.
Estou curioso com o efeito que as cartas podem causar, e com meias de lã fico a espera dos comentários.

E como não se pode deixar de dar ouvidos ao Pai Natal, nesta Terça-feira, vamos pensar o Natal com Criatividade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário