segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

CARTAS AO PAI NATAL- Apenas um Presente - Paulo

Caro Pai Natal

Antes de mais nada, gostaria de agradecer os presentes que vou receber, afinal, ao longo destes 9 anos nunca fui esquecido.
Esta carta também serve para contar um segredo: deixo as minhas bolachas favoritas de chocolate, escondidas no sapatinho onde vai deixar o meu presente. Sabe, se tiver fome, pode devora-las,dá sempre jeito para quem viaja por todo o mundo a dar presentes, receber um lanchinho.
Mas o mais importante de tudo é que este ano tomei uma resolução: quero apenas um presente!
Sei que tenho sido um miúdo adorável e blá, blá,blá... mas na verdade, todos os anos ganho tantas coisas, que preciso de mais um ano para utilizar tudo o que recebo...
Como já estou a ficar crescido, quantidade é o que menos importa.Este ano um presente me basta, os outros pode distribuir aos outros meninos, que precisam de mais miminhos.
Isto tudo, porque lá na escola temos andado a colecionar tampinhas, fazer recolha de alimentos, e, afinal, é preciso distribuir afetos por toda a gente.
Se depender de mim, este ano não vai ficar com dores nas costas. Um presente basta porque todo o resto eu já tenho; pais e amigos que gostam de mim e brincam comigo.

Ps.Vou deixar umas cenourinhas na varanda, afinal as renas sempre podem sentir fome...
Paulo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário