segunda-feira, 25 de abril de 2011

Alguns cuidados na comunicação com o seu Filho!

Existem alguns comportamentos, que podem ser evitados. Na verdade, é importante que cada um de nós tome consciência, que comportamento gera comportamento.
Logo, um comportamento agressivo, gera outro comportamento agressivo. Um comportamento assertivo, gera outro comportamento assertivo.
Por isso, se desejamos relações estáveis, funcionais e baseadas no respeito e afeto, devemos estar conscientes da forma como o nosso comportamento, afeta a dinâmica da relação.
A mais pura verdade, é que a única forma de transformar um comportamento agressivo e disfuncional, é através da assertividade.
Dandra e Harry Choron, no seu livro Book of Lists for Kids, apresentam uma série de comportamentos a serem evitados pelos pais, e que foram diagnosticados por seus filhos, como inibidores da relação:

·        Critica-los em frente dos amigos.
·        Contar os seus segredos mais íntimos a outros membros da família.
·        Abrir a sua correspondência privada.
·        Pedir –lhes que façam companhia
·        Ir para o pé deles quando os amigos deles vão lá a casa e “fazer-se íntimo”.
·        Esquecer-se dos nomes dos amigos deles e confundir uns com os outros.
·        Invadir a sua privacidade entrando nos quartos sem bater à porta.
·        Fazer imensas perguntas pessoais aos seus amigos (sobre os pais deles, o que fazem, o que têm, o que não têm)
·        Ignorá-los quando você recebe os seus amigos.
·        Repetir as mesmas perguntas sobre a escola mais de uma vez num curto período de tempo.
·        Fazer comentários críticos sobre o que eles ouvem na rádio.
·        Implicar com eles dizendo que deviam ter mais horas de sono e exigir ao mesmo tempo que façam mais horas de estudo.
·        Queixar-se sobre os seus hábitos alimentares.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário