quarta-feira, 27 de julho de 2011

Cambalhota - Percurssão corporal



Leveza, que leveza. Que bom, é quando aprender e experimentar estão de braços dados.
Ando um pouco cansada e preocupada, desculpem o desabafo, com a diretividade de muitos professores de arte e expressões.
Imaginem só desenhar  segundo instruções severas...e acreditem que assisti uma cena constrangedora há pouco tempo, onde a professora, tirou o lápis da criança e literalmente fez o seu desenho dizendo: «agora sim está certo»
Só uma palavra para descrever: arrepiante!
A responsabilidade é sempre da formação destes profissionais, afinal, ainda se acredita que basta ter jeito, para dinamizar um grupo de artes.
Mas para retirar o tom de revolta, o positivo é se deixar inspirar pela naturalidade e assertividade existentes nesta pequena sessão de percussão corporal.
Afinal, aprender música pode ser divertido, pois nem todos os mortais se rendem as famigeradas flautas de biesel (desculpem, a minha foi utilizada como bateria, para indignação do meu professor de música...)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário