quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O PAI NATAL/PAPAI NOEL EM PESSOA!

E mais uma vez, ele mesmo, o homem de barbas, entrou em contato conosco e trouxe algumas cartas para lermos. Devo dizer que achei o Pai Natal um pouco preocupado, e não lhe faltam motivos. Além da famigerada crise, vivemos um momento onde a ansiedade parece ter-se feito companheira de muitas famílias.
É hora de abanar o pó da tristeza e investir no afeto verdadeiro, e no encontro daqueles que fazem parte de nós. Apenas os abraços são capazes de nos aliviar o peso de tantas pressões.
Fica o desejo de um Natal, menos materialista, onde os presentes celebrados são a presença de quem amamos.

"Caras amigas
Já faz um ano que não nos falamos. Por aqui, no Pólo Norte ,faz muito frio, mas a Mãe Natal tem feito um chocolate quente que me faz esquecer da dieta...uma delícia.
 Mando-vos algumas cartas, leiam com cuidado. Parece que andam por aí a dizer que não existo. E por todos os Centros Comerciais, andam homens barbudos com almofadas presas à cintura a tentarem se passar por mim.
Ora, estes são clones, o verdadeiro sou eu, e só apareço quando estão todos a dormir. Teria graça se fosse diferente?
Imaginem, que infância sem beleza , se as personagens bondosas e pacientes deixassem de existir?
O mundo anda aos trambolhões e muitas vezes, os adultos se esquecem das crianças que foram, ou, porque as suas crianças ainda vivas em si, andam famintas de amor, se esquecem que sem fantasia e criatividade, o ser humano perde o combustível para vida.
Neste Natal, o meu pedido é que deixem as crianças sonhar. Permitam que desejem o impossível, apenas desta forma, conhecerão os seus limites e o que verdadeiramente podem alcançar.
Não se preocupem, também tenho prendinhas para vocês, mas estas...só no dia 25!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe um comentário